METAL WOLVES Somos as Vozes da Verdadeira Liberdade. DESCRISTIANIZE-SE
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Bíblia, a maior farsa da história.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marcos Garm

avatar

Posts : 10
Join date : 12/09/2009
Age : 28

MensagemAssunto: Bíblia, a maior farsa da história.   25/7/2010, 12:04 pm

Por ser um texto grande preferi postar por partes, até mesmo
para não ficar muito cansativo para quem vai ler e até mesmo para eu, pois
estou tendo que digitar todo o texto.







1° Parte - Bíblia, a maior farsa da história.






Há um outro lado da História que geralmente não é ensinado
nas escolas, nem nas igrejas, nem nas comunidades de bairro, nem nos lares de
cidadãos “respeitáveis” . As grandes massas ainda não sabem que nem tudo é só a
educação limitada da escola, da igreja, da família e da mídia ( jornais e
noticiários de TV). As grandes massas também não sabem que é vitima de neurose
coletiva e de condicionamentos sócio-religiosos institucionalizados. O povo
educado no molde judaico-cristão desde de o nascimento provavelmente jamais irá
mudar, pois simplesmente engole “histórias” adulteradas, pasteurizadas e
enlatadas que servem para mantê-lo “alimentado” e calado. Sofreu uma lavagem
cerebral ao longo da vida de maneira sutil e insidiosa e, portanto, não é capaz
de mudar seus paradigmas mentais e culturais. Não conhece a história oculta de
sua própria religião e, seu “manual” bíblico debaixo do braço, “cria”
constantemente muitos demônios que lhes assombram a existência medíocre.


É também algo
curioso o fato de que a grande maioria das pessoas ignorantes, grosseiras,
fúteis e gananciosas sejam cristitas! Ou monoteístas de qualquer orientação,
mesmo que sejam negligentes ou simpatizantes. Pelo menos é assim principalmente
nos países ocidentais mais populosos e mais subdesenvolvidos e com elevados
índices de analfabetismo funcional, ou seja, pessoas que lêem apenas letras e
palavras mas não sabem interpretar e compreender o que é lido, nem sabem
escrever corretamente ou concatenar idéias. Um exemplo é o Brasil, um dos
países mais crististas e piegas do continente americano que, segunda
informações do Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional, tem um índice de
analfabetismo funcional de cerca de 75% (!), nos EUA, outro pais densamente
cristita e materialista, é de 21%. Afinal, o “manual” bíblico da ignorância é
muito popular.


Os ignorantes
desorientados, a maioria de baixo nível intelectual, são iludidos pelos ardis
dos línguas-de-vermes (com seu “manual” de prontidão) que lhes mostram uma
excessiva e falsa manifestação de afeto, de amor, de preocupação com os
problemas pessoais bajulando-os, criando uma ilusão de que eles são muito
importantes para Deus e para a seita e gerando uma situação na qual o individuo
sente-se uma “vitima” do mundo e que será bem acolhido na “comunidade
religiosa”. Então, “Deus” aprisiona a vitima que passa a viver sob pressão,
opressão e repressão, sendo constantemente ameaçado moralmente com punições
divinas . Isto é reforçado com a idéia absurda, difundida pelo hipócrita e
sofismático protestantismo, de que qualquer pessoa, desde o nascimento e mesmo
livre de culpa, já está condenado ao Inferno, ou destinado ao Céu (obviamente,
apenas os “escolhidos”). Assim, com toda essa asneira cristica, os fracos podem
perder a auto-estima, o respeito, a saúde mental, o dinheiro ( que São Cifrão e
Jesus vêm confiscar) e o livre-arbítrio que, em muitos casos, a pessoa sabe que
o possui.


Mas a Bíblia,
sendo um manual de criação de toda a espécie de pavorosos demônios imaginários
(ou dissociações psicomentais de fanáticos doentes mentais), é um “clássico”
exemplo de criação monstruosa que causa repulsa ás sensibilidades mais
inteligentes. Colcha de retalhos nada original, forjado a partir de doutrinas e
obras mais antigas, a Bíblia é um plágio disfarçado com milhares de versões adulteradas
e deturpadas ao redor do mundo. A cristandade, com seus muitos santos, anjos,
bestas e demônios (tomados de outras religiões mais antigas) personificados em
“pecados”, é um politeísta com mal formação, feito de restos mortais
cadavéricos e de farrapos podres tal como a Bíblia. E se tudo na vida
dependesse apenas dessa obra frankensteiniana, realmente estaríamos estagnados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/marcoswm
Paula Diamond

avatar

Posts : 24
Join date : 12/09/2009
Age : 36

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   23/8/2010, 8:59 am

Um dos resultados devastadores da tamanha ignorância desse povo cristão alienado é ainda deixar a bíblia ser o livro mais vendido no mundo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/pauladiamond
Marcos Garm

avatar

Posts : 10
Join date : 12/09/2009
Age : 28

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   23/8/2010, 9:54 pm

2° Parte - Bíblia, a maior farsa da história.
Há muitas obras importantes no decorrer da História, no mundo todo. As obras citadas a seguir são, segundo estudiosos, mais antigas que a Bíblia (que é uma compilação modificada e adaptada dessas obras). São textos escritos e/ou encontrados na região do Oriente Médio é claro que ninguém tem tempo de buscar tais obras, de estudá-las e compará-las...
São elas: Epopéia de Gilgamesh (relato sumeriano sobre o dilúvio, etc.), aproximadamente 2.600 a.C., Enuma Elish (poema épico babilônico sobre a criação), 1.800 a.C., Papiro de Ani (Livro dos Mortos Egípcios, obra religios), 1.500 a.C., Zend Avesta (texto sagrado persas do mazdeismo), 1.000 a.C., Pergaminhos de Qumran (Mar Morto), 200 a.C., ou seja, antes do Novo Testamento. O Novo Testamento foi escrito em grego durante os 100 anos d.C., e o Antigo Testamento foi supostamente escrito em torno de 1.500 anos a.C. e durante esse período. O idioma aramaico surgiu em 1.100 a.C., ou seja, é mais novo que algumas das obras citadas. O hebraico é, segundo estudiosos lingüísticos, em uma língua de origem afro-asiática, mais especificamente do Nordeste da África, ou seja, Egito. Moisés, supostamente autor dos 5 primeiros livros do Antigo Testamento, possivelmente nasceu em torno de 1.500 a.C. Portanto, ele é mais novo que algumas obras citadas e contemporâneo de outras, além do que os outros livros bíblicos foram escritos por outros autores também contemporâneos ás outras obras citadas acima, ao longo da história.
Os fiéis fanáticos e fundamentalistas ignoram tudo isso e dedicadamente não querem saber. A grande maioria deles também não sabe:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/marcoswm
Marcos Garm

avatar

Posts : 10
Join date : 12/09/2009
Age : 28

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   23/8/2010, 9:55 pm

- que São Paulo adorava apedrejamentos e atos de violência;
- que Pedro, supostamente considerado o primeiro papa era casado;
- que Santo Agostinho era um pervertido promiscuo e hipócrita;
- que São Nicolau é uma “invenção” baseada na crença em Papai Noel que por sua vez tem origem em primitivas lendas européias sobre duendes cruéis e canibais que se vestiam de vermelho e perambulavam pela neve soando sinos e correntes;
- que a invenção da eucaristia tem origem em antigas lendas sobre mortos-vivos, seres sanguinários e antropofágicos da Europa primitiva;
- que muitos santos eram personagens pagãos que foram “cristianizados” para “facilitar” a conversão do povo;
- que a Igreja tem um catálogo de aproximadamente 500 santos, pelo menos;
- que a Igreja inventou o celibato para não perde propriedades por causa da lei de heranças;
- que a Igreja inventou a canonização e canonizava criminosos e assassinos de não-cristãos;
- que a grande maioria (senão todos) dos símbolos cristãos foram tomada de mitologias pagãos;
- que existe os textos originais da Bíblia, apenas cópias modificadas;
- que a divisão de capítulos e versículos da bíblia foi criada por cardeal inglês por volta do século XII;
- que a Igreja estimulava as crenças supersticiosas e a ignorância entre o povo;
- que nem o Diabo nem o Purgatório existem na Bíblia;
- que, na Idade Média, o povo não tinha a mínima idéia do que se tratava a Bíblia;
- que a Igreja inventou heresias absurdas que jamais existiram há mais de 2 mil anos atrás;
- que cientistas eram executados por suas descobertas, vistas como heresias;
- que as pessoas que possuíam livros eram punidas;
- que o protestantismo sempre difundiu a interpretação literal da Bíblia;
- que o protestantismo contribuiu para o aumento absurdo de crimes e assassinatos inquisitoriais;
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/marcoswm
Marcos Garm

avatar

Posts : 10
Join date : 12/09/2009
Age : 28

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   23/8/2010, 9:55 pm

- que a Igraja considerava hereges aqueles que acreditavam em bruxas, e depois, aqueles que não acreditavam na existência delas;
- que a Igreja inventou a confissão para bisbilhotar a vida intima das pessoas, principalmente dos ricos e políticos;
- que a Igreja cobrava impostos de prostibulos;
- que a Igreja vendia indulgências, ou trocava perdões por ricas doações;
- que a Igreja comercializava missas, relíquias, títulos nobres e cargos eclesiásticos;
- que muitos sacerdotes comercializavam sortilégios e simpatias populares;
- que muitos clérigos praticavam rituais depravados com supostas invocações diabólicas (equivocamente chamadas de satanismo);
- que muitos papas e padres eram(ou são?) promíscuos e incestuosos;
- que a Igreja estimulava as guerras para escravizar e confiscar bens;
- que os católicos jesuítas buscavam e aniquilação de todos os homens, mulheres e crianças que não fossem servos da Igreja;
- que os clérigos estupravam, torturavam e assassinavam vitimas inocentes para depois confiscar-lhes seus bens;
- que muitos clérigos estupravam virgens, viúvas, freiras e mulheres casadas e tinham muitos filhos considerados ilegítimos, além de incestos;
- que as vitimas eram obrigadas a pagar pelas custas de sua própria tortura e execução, além dos banquetes após esses festivais de horrores (afinal, a vitima já tinha seus bens confiscados);
- que a Igreja inventou o papado com a intenção de se manter “eternamente” e dominar o mundo;
- que atualmente a Igreja lucra milhões de dólares por ano;
Além de tudo, pode-se observar a opulência do Vaticano e de muitas igrejas e catedrais ( e, em menor grau, dos caros imóveis neopentecostais) pelo mundo afora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/marcoswm
Marcos Garm

avatar

Posts : 10
Join date : 12/09/2009
Age : 28

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   23/8/2010, 9:55 pm

Opulência que a todo custo era mantida, no passado, com uma violenta e vorás ganância material que exauria pessoas e lugares. Eis todo o materialismo arrogante do monoteísmo.
Mas, ás pessoas jamais seria permitido conhecer o outro lado da moeda (ou muitas moedas!). Os cultuadores da Bíblia não querem mudar e sempre irão querer impor aos outros seus falsos dogmas. Jamais irão querer saber sobre o outro lado da longa e sórdida história do monoteísmo, da igreja e da Bíblia que, na Idade Média, era proibida pelos próprios clérigos para que o povo não pudesse possuí-la, mas que posteriormente impuseram sua “aceitação” sob as mais variadas penas, chantagens, etc. A Bíblia, segundo pesquisas, era rejeitada pelos papas e proibida sua impressão e publicação, pois era vista como uma praga que poderia destruir o papado, já que todas as farsas da igreja não constavam nos textos bíblicos originais (isto é, nas copias).
Como pode-se considerar os textos bíblicos como um sublime inspiração, benévolos e divinos, quando representam, desde o principio, histórias de discórdias, sofrimento, vinganças, guerras sangrentas, sacrifícios sanguinários, degração sexual e tipo de vicio humano? Isto é a Bíblia! Um verdadeiro manual político forjado para a dominação e opressão. E são pessoas “de bem” como os inúmeros clérigos católicos e cristãos protestantes que causaram toda espécie de atrocidades contra inocentes ao longo da história; como inúmeros inquisidores que torturaram e assassinaram milhões de pessoas, entre mulheres, crianças e idosos, como inúmeros padres depravados que fizeram filhos ilegítimos em mulheres indefesas, obrigando-as a abortar, como inúmeros padres pedófilos, estupradores e gananciosos que têm o acobertamento da Religião instituída, como inúmeros pastores evangélicos que exploram a fé de milhares de pessoas ignorantes em troca de dinheiro para a glória de São Cifrão, pois Je$u$ $alva (seu dinheiro) e cobra caro por seus serviços de salvação, etc., etc.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.myspace.com/marcoswm
Vékell

avatar

Posts : 3
Join date : 22/08/2010

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   24/8/2010, 4:50 am

Bela matéria!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
David Marques

avatar

Posts : 6
Join date : 16/07/2009
Age : 24
Location : Gravataí-Poa Rio Grande do Sul

MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   5/9/2010, 3:42 am

Ótimo texto !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Bíblia, a maior farsa da história.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Bíblia, a maior farsa da história.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A História da Bíblia King James...
» Teoria da Evolução é a maior fraude da história da humanidade
» A Bíblia, o Livro mais deturpado da história
» As belas histórias dos PAPAS! (Santos Padres)
» A Grande Farsa Extraterrestre

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Metal Wolves - True Liberty Voice :: Debate :: Informação e Debate-
Ir para: